DRAFT 2017

Análise do draft – Quinta escolha: Avery Moss

Photo by Youngstown State Athletics

Na quinta rodada do draft da NFL de 2017, o New York Giants selecionou o EDGE Avery Moss (119 Kg e 1,91 m) da Youngstown State University Penguins. Apesar de que Moss começou como redshirt por outro time, Nebraska Cornhuskers, em 2012.

Como calouro em Nebraska, o jogador conseguiu uma boa marca com 36 tackles sendo 7 para perda de jardas, 4.5 sacks e uma interceptação. Porém, no início de 2014, o jogador teve um problema extra campo quando expôs ele mesmo e a um colega estudante por uma situação vexatória (não foram divulgados os detalhes pela universidade), por isso, o jogador foi suspenso do campus da universidade (o que também afetaria suas atividades no programa de football) por todo ano.

Sem poder jogar Football, Moss aceitou a proposta da Youngstown State University Penguins para continuar os estudos e só poderia voltar ao football em 2015. Assim fez, jogou 2015 sem boas atuações e em 2016, o jogador conseguiu outra boa marca com 59 tackles sendo sendo 4 para perda de jardas, 10.5 sacks e 4 fumbles forçados.

Quanto ao físico, o jogador pesa 120 Kg e possui 1,91 m de altura, um grande jogador atlético que não tem histórico de lesões mas os olheiros das franquias apontaram que o jogador deve trabalhar seu físico na questão de velocidade em campo caso queira ter sucesso na NFL porque seus números no combine não foram dos melhores:

  • Tiro de 40 jardas: 4.79 sec;
  • Supino: 14 reps;
  • Pulo vertical: 32 ½”;
  • Salto: 114”;
  • Drill com três cones: 7.25 sec;
  • Tiro de 20 jardas com drill de cones: 4.43 sec.

Já na parte técnica, o jogador tem facilidade para atuar como defensive end na formação 4-3, sua explosão em aceleração é bem cumulada com uma antecipação aos snaps. Além disso, o jogador conta com boa prática de técnicas para abrir buracos na linha ofensiva e utilizar os ombros como armadilha para atravessar a barreira da linha ofensiva (para ver as técnicas explicas do jogador, clique aqui).

Photo by Youngstown State Athletics

Dessa maneira fica claro que o jogador não possui carga técnica necessária para ser titular, porém, aí que está a beleza da coisa, ele foi escolhido para entrar no jogo durante alguns snaps com o intuito de colocar pressão no QB através do pass rush em um curto intervalo de tempo, isso permitirá que o jogador jogue com ainda mais energia na quantidade de snaps limitados que ficar em campo e permitirá Jason Pierre-Paul e Oliver Vernon descansarem.

Depois de ser escolhido pelo Giants, os especialistas reportaram que essa escolha foi obra do Coordenador Defensivo do Giants – Spagnuolo para ajudar a defesa no revezamento dos snaps defensivos da linha e que o jogador tem um talento natural para o pass rush.

Vale lembrar que a franquia conta com suas estrelas, Jasson Pierre-Paul e Oliver Vernon começando como defensive end do time. Entretanto, Moss disputará vaga diretamente com outros Def. End’s para divisão de snaps durante o jogo com Romeo Okwara, Kerry Wynn e Owamagbe Odighizuwa (que anunciou sua aposentadoria mais já foi fotografado treinando com o time na parte física).

O que você achou dessa escolha? Comenta aí! 😀

Shares