Análise de Jogo

Análise: Giants vs Chargers

Photo by NFL.com

Fiz um post no sábado falando de pontos onde os dois times poderiam levar vantagem na partida, acredito que esqueci de considerar o fator lesão e mais alguns outros fatores que puderam ser observados na partida. Elencarei aqui. Vamos para a análise!

  • O JOGO

O previsto aconteceu nos primeiros drives da partida, corrida do Chargers com tackle dos nossos LB’s e DB’s, passes incompletos do Rivers, defendidos por nossos jogadores, e ao Giants restou um drive ofensivo com uma descida seguido de um sack do Joey Bosa. Seguinte tivemos erro do Chargers que resultou num safety e começamos na frente do placar. Entre mais jogadas semelhantes – Fumble do Giants forçado em sack do Bosa – seguiu o primeiro período, até Orleans Darkwa – que teve bela atuação, vale destacar – anotar o touchdown que colocou 09 x 00 no placar para o Giants. Fim de primeiro período, Chargers 00 x 09 Giants.

Segundo período com sequência da posse de bola do Chargers já no campo do Giants, e Rivers conseguiu conectar Melvin Gordon para o Touchdown, deixando apenas 2 pontos de diferença de volta no placar. Veio uma longa sequência de drivers sem pontuação para ambos os times, erros ofensivos do Giants, jogadas para perda de jardas, passes incompletos – num destes Shepard sofreu lesão no tornozelo e teve que ser carregado para o banco de reservas, ficando fora da partida e, no mesmo drive, Brandon Marshall recebeu passe na sideline, mas incompleto, e deixou a partida com lesão no tornozelo – enquanto o ataque do Chargers seguia no mesmo ritmo, sem conseguir descidas para se manter em campo, até que no fim do segundo período encaixaram um drive que permitiu Nick Novak chutar um Field Goal e o Chargers passar à frente do placar. Fim do primeiro tempo, Chargers 10 x 09 Giants.

Terceiro período recebemos a bola – kickoff para o retorno de Harris onde este sofreu grave lesão e deixou a partida – e não conseguimos primeira descida, mas no primeiro ataque do Chargers, Darian Thompson – outro com atuação destacável – interceptou passe de Rivers para Keenan Allen dentro da endzone e tivemos novamente a bola em touchback. Pós-turnover, veio um drive muito bom, bons passes conectados de Eli para Odell – acionado várias vezes neste drive, assim como Darkwa – e capitalizamos o turnover em um passe do Eli no fundo do campo para Roger Lewis anotar o Touchdown. Entretanto, na sequência, o Chargers conseguiu mais um ótimo drive com boas carregadas de Melvin Gordon e bons passes de Rivers para Antonio Gates, Keenan Allen e finalizou com passe para Hunter Henry anotar o touchdown. Fim do terceiro período, Chargers 17 x 16 Giants

Como esperado, um jogo apertado entre duas equipes que vinham com problemas em setores dos times de ataque e de defesa – Giants já sem 2 recebedores titulares e sem Dwayne Harris – o último período começou com posse do Giants. Eli Manning conseguiu ótima conexão para Odell Beckham que estava sozinho no fundo de campo, apenas recebeu e correu para a Endzone para anotar o touchdown. McAdoo decidiu tentar a conversão de 2 pontos, sem sucesso. 17-22 Giants.

Nossa defesa conseguiu segurar o ataque do Chargers no drive seguinte, mas Eli sofreu pressão e foi sacado, encerrando o drive ofensivo. Drive seguinte com pontuação em Field Goal do Chargers, 20-22 Giants. Ataque do Giants voltou pra campo e, na segunda descida, Eli Manning lançou passe alto para Odell em slant, o WR tentou receber, mas caiu feio em cima do marcador e teve uma lesão grave, deixando a partida; na terceira descida, a linha ofensiva permitiu mais pressão em cima do Eli Manning, que foi sackado por Melvin Ingraam, houve o Fumble recuperado pelo próprio Ingraam. Posse do Chargers já na redzone, Rivers conseguiu conectar mais um passe curto para Melvin Gordon anotar seu segundo touchdown na partida. 27-22 Chargers.

Restavam apenas 3 minutos no relógio quando Shane Vereen recebeu o kickoff, e o Giants conseguiu um bom drive, chegando no campo ofensivo, mas Eli Manning foi interceptado por Tre Boston na tentativa de passe para Evan Ingraam. Fim de partida, Los Angeles Chargers 27 x 22 Giants.

  • ANÁLISE

Pontos positivos:

  • Não perdemos com um Field Goal ao apagar das luzes (desculpa a piadinha);
  • Orleans Darkwa teve ótima partida – 8 carregadas; 69 jardas; 1 touchdown;
  • Wayne Gallman também teve uma partida considerável – 11 carregadas, 57 jardas;
  • Odell foi, mais uma vez, o melhor recebedor do Giants na partida – 5 rec, 97 yds, 1 TD;
  • Defesa obteve um grande número de tackles, o que já era esperado – falei disso no sábado. Darian Thompson é o nome que destaco nessa partida. 8 tackles, 3 assistências a tackle, 1 interceptação. B.J. Goodson forçou um fumble e teve 5 tackles com 3 assistências. Landon Collins terminou a partida com 8 tackles.
  • Brad Wing teve ótimos punts, sempre colocando o Chargers para começar seus drives em posições bem complicadas, atrás da linha de 20 jardas.

Pontos negativos:

  • Em contrapartida ao número de Tackles, a defesa permitiu muitas jardas para o time do Chargers que acabou com 382 jardas na partida e mais tempo de posse de bola;
  • Lesões.
    • Sterling Shepard com torção no tornozelo, fora toda a partida, mas provavelmente joga contra o Broncos no próximo SNF.
    • Brandon Marshall também com lesão no tornozelo, esperaremos atualizações sobre seu estado e trataremos sobre aqui no site.
    • Dwayne Harris com o pé quebrado, fim de temporada para ele aparentemente.
    • Odell Beckham com fíbula quebrada, passará por cirurgia. Ainda falta saber a situação de seus tendões. Dependendo da gravidade, provavelmente fim de temporada para nosso #13 também.
    • Eli Manning sofreu uma leve concussão após ser atingido pelo joelho do Ereck Flowers depois de tomar um sack (obrigado, Flowers) e passa por análise ainda.
  • Mais uma vez a Linha Ofensiva permitindo pressão grave contra Eli Manning, que sofreu em mais uma partida cheia de pancadas, sacks e fumbles. Foram 5 sacks com 2 Fumbles forçados pela defesa do Chargers.
  • Chamadas ridículas – o termo é esse mesmo, e ainda é elogio – do Bem McAdoo que sacrificaram nossos recebedores, além de escolhas duvidosas – como ir para a 2pt-conversion após o touchdown do Odell Beckham com todo o último período pela frente, ainda demorando na decisão, o que culminou com a penalidade de 5 jardas do atraso de jogo.
Photo: Seth Wenig/AP
  • CONCLUSÃO

Mais uma partida que sentimos o peso que é não ter uma Linha Ofensiva decente. Eli sofrendo pressão, tendo que soltar a bola rapidamente – isso contando que ele vem fazendo excelentes partidas desde a semana 3, então elimina-se qualquer sentimento de culpa do nosso Quarterback – com dificuldades para encontrar recebedores livres em passes cada vez mais rápidos para que escape da pressão sem perder jardas, passando a bola nos instantes finais antes de tomar pancada dos rushers e ficando para tomar pancada, para depois ver recebedor dropando passe.

Algumas jogadas ele teve que fazer isso e encontrou um ou outro running back na screen, conectou o passe que acabou sendo incompleto e nisso nossos drives ofensivos terminaram sem pontuação ou sem avanços, fazendo com que o Chargers tivesse maior posse de bola em toda a partida. Nossa defesa segurou bem, mas é mais demérito do ataque do Chargers que também enfrenta problemas com seu Quarterback e seus recebedores, entretanto, eles dispõem de um jogo corrido mais destacável que o nosso.

Vamos para uma partida difícil no próximo Sunday Night Football contra o Denver Broncos – aquele pass rush junto com a secundária forte, vai ser difícil de ver – e agora, além de encararmos problemas com a Linha Ofensiva e com o Jogo Corrido que, mesmo com avanço evidente de nível, ainda não tem status de grande trunfo ou de ponto considerável do time, encaramos a perda do astro do time, Odell Beckham, e as lesões de Shepard e Marshall.

Foi um jogo que, anteriormente fora observado como fácil pelo fator casa, por ser o Chargers que também vinha com 4 derrotas em 4 partidas, e por termos peças que encaixariam bem e equilibrariam a partida por parte da defesa, posteriormente ficou apenas a pergunta do que está acontecendo com o New York Giants nesta temporada.

Esperamos posições oficiais do time, a eles cabe a observação do problema e a solução, assim como também estamos esperando informações oficiais sobre os jogadores que se machucaram. Todas as notícias que saírem ao longo da semana, vocês lerão aqui também, fiquem ligados e vamos que vamos! 🙂

Placar Final: New York Giants 22 vs 27 Los Angeles Chargers

Shares