Análise de Jogo

Análise: Giants vs Packers

Photo by Green Bay Press Gazette-USA TODAY Sports

E, para nossa tristeza e alegria dos rivais e adversários, o Giants foi eliminado ontem pelo Packers na primeira partida da pós temporada. E através desse jogo que, apesar do placar, foi muito equilibrado em até certo momento, aprendemos algumas coisas do nosso time. O que podemos tirar dessa (triste) derrota nos Playoffs? Vamos conferir!

  • Sofrendo com o próprio jogo

Durante toda a temporada nós vimos o Giants lutando contra as próprias faltas que cometeram. A maioria, até então, estava vindo do ataque. Ontem, elas vieram de todos os lugares.

Começando com dois passes que seriam touchdown e foram dropados. A inexplicável corrida de Bobby Rainey numa terceira descida para 1 jarda – que resultou na Hail Mary de Aaron Rodgers. A própria Hail Mary em si e a péssima cobertura dos defensoras, a bizarra (e bem burra) decisão de Bobby Rainey de tentar pegar a bola na linha de 3 jardas do Kickoff entre outras.

Sofremos com nossos erros, nossas faltas, nossa falta de atenção durante a temporada inteira. E elas puniram o time quando não poderiam cometer mais desses erros. Agora? Refletir, aprender e corrigir.

  • A defesa não consegue resgatar o ataque sempre

Enquanto o Giants estava indo com um record de 9-2 nos últimos 11 jogos, a extraordinária defesa apareceu em vários momentos e tirou o ataque do sufoco. E, como comentamos várias vezes, deu a vitória para o time.

Porém, infelizmente, nesse domingo não foi possível. O Special Teams sofreu para dar boas condições de campo para o ataque e somado a lesão de DRC no começo do jogo, acabou com a defesa.

Sim, ela jogou bem a partida. Em certos momentos até deu uma esperança aos torcedores que levaria o time novamente nas costas… Mas no final, não conseguiu. Existiram alguns erros por parte deles, mas a maior culpa é do ataque. Pois quando o ataque não fica em campo, a defesa cansa e não tem unidade defensiva que aguente jogar uma partida toda com intensidade para parar ARod e companhia.

  • A “festa no barco” vai dar o que falar

Goste disso ou não, infelizmente a história da festa no barco de Odell e companhia estará nas manchetes por um bom tempo. Eu, pessoalmente, não acho que foi o motivo da atuação mediana dos nossos recebedores… Mas, eles terão que escutar isso e muito durante a offseason e até mesmo o começo da temporada que vem.

E para ajudar, os dois principais alvos das manchetes (Odell e Shepard) droparam passes decisivos para o time que, como dissemos, poderiam dar até mesmo a vitória para o time de New York.

Coincidência? Nervosismo por ser o primeiro playoffs? Foi a festa? Não sabemos, mas querendo eles ou não, aguentarão essa história por um bom tempo.

  • Onde estava Tavarres King durante a temporada?

Talvez ele deveria estar em campo há tempos e o time não percebeu. Começou na semana 17, naquela recepção de 44 jardas que Eli Manning mandou para ele. E agora, uma linha recepção para o touchdown do Giants durante a partida contra os Packers.

Ele apareceu quando deveria aparecer e fez o que deveria ser feito. Então é bem provavél que permaneça entre os titulares na próxima temporada, ainda mais com a possibilidade de Victor Cruz deixar o time.

  • No fim das contas, foi um bom ano.

Claro que ficamos tristes com o final da temporada e com a eliminação do time, isso é normal. Somos torcedores! Mas você deveria perceber que foi uma boa temporada apesar de tudo.

Estávamos vindo de 3 temporadas negativas e esse ano ficamos 11-5 e ainda fomos para os Playoffs. Encontramos um treinador novo e com um futuro brilhante. Cometeu alguns erros e más escolhas? Sim. Mas ele conseguiu transformar o time e todo o seu elenco.

O nosso roster é um roster novo e que (a maioria deles) vivenciou a pós temporada da NFL pela primeira vez na vida. E esse “gosto amargo” que experimentaram, pode ser uma motivação ainda maior para fazer algo bonito e diferente nos próximos anos.

“É uma droga. Um sentimento horrível” disse Odell sobre a eliminação.

Sim, é verdade. Mas no final, tivemos um bom ano. Descobrimos novos talentos, fomos para os playoffs, novo técnico, defesa mostrando a sua força que tanto amamos e outros fatores. Erramos muito, é verdade. Mas agora é tempo de refletir, corrigir e voltar mais forte ano que vem. Devemos ser torcedores não somente na vitória mas, principalmente, na derrota. GO GIANTS! 😀

Placar Final: New York Giants 13 vs 38 Green Bay Packers
*Melhores momentos, aqui.

  • RODRIGO CABRAL DA ROCHA PEREIR

    Concordo, mas somos um time sem jogo corrido. Eli não pode ter que passar 80% do tempo. Não há QB q aguente. Go, Giants!!!

  • Abraão Gambarra

    Que frustração cara, ainda tô tentando engolir, no primeiro tempo fomos mais agressivos e melhores mas com erros simples entregamos o jogo na mão dos Packers.

  • Fabiano Araujo

    é com grande pesar que lamentamos a derrota do BBU…derrota amarga, justamente por dominarmos o inicio do jogo, onde deveríamos ter aberto 14×0 ou mais…infelizmente fica pra proxima temporada…Parabéns pela cobertura e …Go Giants

  • Felipe Negrelli Wolter

    não tem como ganhar na pos temporada fazendo 10 pts/jogo. e aquela hail mary, que momentum changer. acabou com o jogo que antes tava bom para o big blue

Shares