Análise de Jogo

Análise: Giants vs Rams

Photo by Al Bello/Getty Images

Como eu gosto de elogiar o Giants, não deixei de fazê-lo mesmo depois do jogo de ontem, claro que de maneira irônica. 😛

Numa bela tarde chuvosa em Meadowlands, no MetLife Stadium se desenvolvia um belo jogo de Futebol Americano entre dois times belíssimos, o visitante de Los Angeles, denominado Rams, que tem um capacete belíssimo, e o mandante, o New York Football Giants, que tem uma história linda que não vem sendo respeitada, onde pudemos ver belíssimas jogadas da equipe mandante, além das jogadas lindas, vimos chamadas defensivas mais lindas ainda e belíssimas escolhas que nos fizeram ver o placar que vimos no fim do jogo.

Vamos à esta belíssima análise neste site lindo. 😀

  • O Jogo

1° período – Começamos nos iludindo, recebendo a primeira posse de bola em um drive que teve uma ótima jogada do Orleans Darkwa (que realmente me deixou crente que eu veria uma bela partida), infelizmente em seguida veio uma falta do D.J. Fluker e logo após, o mesmo D.J. Fluker não viu Aaron Donald passar por ele e pegar em cheio o Eli Manning, forçando Fumble. O ofensivo do Rams foi capitalizado em touchdown. Logo em seguida, um drive longo do Giants – diferentemente de outras partidas, tivemos um drive de mais de 6 minutos – que acabou com Eli Manning conectando Tavares King no fundo da Endzone para me deixar um pouco mais iludido. Fim do período, Rams 07 x 07 Giants.

2° período – Já começa com o Rams na redzone, resultando em Field Goal. O segundo período do Giants foi simplesmente aterrorizante. Vimos as belíssimas chamadas de Steve Spagnuolo combinadas com a falta do Janoris Jenkins resultarem em ganhos absurdos do Rams e jogadas gigantescas para touchdown. Não tenho muito mais para falar, senão dizer que a partida, após um Field Goal errado do Giants, foi para o intervalo com placar de 27 x 10.

3° período – O que já estava ruim, piorou. Primeira posse de bola do período resulta em Touchdown colocando 34 x 10 no placar. Após mais uma breve presença do ataque em campo, Brady Wing foi bloqueado ao puntear e o Rams já começou o drive na linha de 18 jardas do nosso campo. Mais um touchdown e a essa altura o placar já era de 48 x 10.

4° período – O Rams seguia em posse de bola na passagem do terceiro pro quarto período, posse de bola que não foi capitalizada e resultou em punt. O Giants aproveitou essa posse seguinte, onde pudemos ver Eli Manning conectando um longo passe para o Shepard e, logo após, um belo passe para excelente recepção de Evan Engram dentro da endzone. O Rams voltou a campo para fechar o placar com mais um field goal e a essa altura já não tínhamos mais o Jared Goff em campo, Sean Mannion substituía. Após o placar em 51 x 17, o Giants veio com Geno Smith liderando o ataque.

Andrew Mills NJ Advance Media for NJ
  • Análise

Depois de uma ótima partida contra o Broncos e uma partida razoável contra o Seahawks, onde vimos a persistência de vários erros no time, fomos para bye-week esperando que esses erros fossem trabalhados e acertados. Entretanto, o que vimos foi mais brigas no elenco, o Janoris Jenkins sendo suspenso por tempo indeterminado e, quando finalmente voltou a campo, o Giants foi mais apático do que foi contra o Seahawks.

É certo que tivemos bons números ofensivamente. Eli Manning que passou de 50 mil jardas lançadas na carreira, parabéns mito! lançou para 220 jardas, dois touchdowns, e teve maior confiança no seu corpo de recebedores. Contou com nomes como Tavares King, Rhett Ellison e os que já vinham sendo a força aérea desse ataque – Evan Engram e Sterling Shepard – não decepcionaram. Cada um dos dois últimos recebeu 70 jardas no total, Engram marcando um dos touchdowns da partida. Orleans Darkwa também teve boa atuação – é sempre mister lembrar que 70 jardas corridas é uma boa atuação de um RB do Giants – começando o jogo com uma carregada monstruosa que me iludiu lindamente e me fez não esperar pelo mal que veio no decorrer da partida.

A defesa não teve boa atuação. Nenhum dos defensive backs teve atuação destacável e eu até ponho eles como grandes culpados de termos tomado tantas jogadas longas – não por falhas individuais, mas por falta do acerto do posicionamento, das chamadas defensivas e pela falta do Jenkins também – e termos perdido a partida num placar tão elástico.

Aaron Donald dançou em cima de D.J. Fluker e brincou de cabo de guerra com John Jerry, sempre se saindo melhor. Fui dar uma olhada no profootball focus para melhor compreender a situação dos jogadores do Giants e o jogador que foi apontado como melhor em campo pelo lado do Giants foi o Center Brett Jones.

Photo by Al Bello/Getty Images

Vamos para a semana 10, partida contra o San Francisco 49ersque ainda não venceu na temporada – e vamos cheios de dúvidas. Já estamos com 8 derrotas e apenas 1 vitória e, da metade do terceiro período para o fim do jogo, o clima já parecia ser de tanking. Eli Manning segue sendo alvo de críticas da mídia e seu lugar de startup é contestado, entretanto, quem parar para analisar o problema sabe que Eli Manning acaba sendo mais uma vítima do que um culpado.

As lesões dos principais recebedores seguem sendo sentidas; as chamadas não vêm sendo favoráveis; a execução das jogadas, com recebedores que não tem a magia de um Odell ou a experiência de um Marshall, acaba não sendo a mais perfeita; muitos drops; Eli Manning sofrendo muita pressão com a falta de proteção… Posso passar o dia enumerando problemas, mas vou simplificar em dois pontos que serão tratados aqui no site durante a semana: Diretoria e Corpo Técnico.

Voltando às ironias, foi um jogo lindo de se ver, maravilhoso para quem para o que tiver de fazer no domingo para assistir o Giants por amor, mais lindo ainda ver os rivais atuando da forma que estão atuando – é ótimo ser zoado por torcedor do Eagles, eu amo muito isso – tudo lindo, tudo maravilhoso, que temporada incrível, eu amo o New York Giants. Simbora pro jogo contra o 49ers com fé no Eli que o inimigo cai! 🙂

Placar Final: New York Giants 17 vs 51 Los Angeles Rams

  • Henry Costa

    Em Relação aos EAGLES só perguntar aos Torcedores se Tem SUPER BOWL! QUE QUEBRA AS ASINHAS DELES RAPIDÃO! 😂😂😂😂😂😂😂

  • Felipe Botelho

    Na moral o Eli é sem dúvidas o cara que ainda bota esperança de ganharmos algo. Vi a maiorias dos jogos do Giants essa temporada e gosto muito da atuação do Eli mas a OL tá difícil. Quem decepciona mesmo é o McaDoo marrento e sem controle do time. O Giants ainda é previsível em suas jogadas são os jogadores como o Eli, Darkwa, Engram e Odel que dobram essa previsão. Por fim minha visão é a seginte: O time é muito bom mais a direção uma decepção.

Shares