New York Giants

Ben McAdoo: “Vi um time que lutou até o final”

Photo by Trevor Ruszkowski | USA TODAY Sports

O Giants foi massacrado no último domingo pelos Rams por 51 – 17 e, segundo nosso querido técnico, não houve sinais de desistência pela parte dos jogadores. Eles lutaram até o fim! Será? 😛

“Eu assisti o filme do jogo. Não vi sinais de desistência. Eu vi um time que lutou até o final, jogamos duro. Eles lutaram até o fim.” disse McAdoo.

Mas sabemos que, mesmo se ele tivesse escutado alguma coisa, visto jogadores jogarem a toalha ou não respeitar os coordenadores, ele não falaria para a imprensa. Ele (ainda) não quer desistir do cargo de treinador em New York – por mais que eu e muitos de vocês queiram isso.

Confira alguns pontos falados na entrevista:

  • Sobre a histórica derrota

“Perder o jogo em todos os setores é muito feio. Essa derrota foi histórica em vários sentidos. Não existe desculpa para isso. Isso está nos nossos ombros e precisamos consertar isso. Nós jogamos mal em todas as fases do jogo: ataque, defesa e special teams. Não seguramos a bola, cometemos turnovers, não tivemos jogadas explosivas, a proteção não foi boa… Mas apesar disso, no fim do dia, os jogadores não desistiram. Eles lutaram até o fim e fizeram de tudo para tentar converter a situação.”

  • 3ª descida para 33 jardas e o time apagou

“Aquela terceira descida foi estranha. Poderíamos ter nos alinhado melhor. Poderíamos ter defendido melhor. Nossas coberturas poderiam ser melhores. Foi uma fatalidade.”

  • Sobre as lesões que assombram o time

“Nós temos ainda metade da temporada para jogar. Tem muito futebol para ser jogado ainda. Tudo pode ser consertado. Nós vamos colocar um bom plano de jogo em campo, vamos falar com os jogadores e todo domingo vamos dar o nosso melhor em campo.”

  • Sobre Eli Manning

“Ele é o nosso QB. Mas isso não significa que em certo ponto da temporada, podemos colocar alguém em campo. Todas as posições precisam jogar bem para estar em campo.”

  • Sobre a suspensão de Janoris Jenkins

“Sem atualizações. Vou encontrar ele durante a semana e falaremos sobre isso.”

Bom, segundo Ed Valentine, em todas as ocasiões ele sentiu o treinador com medo de responder, sentiu que ele gostaria de colocar a culpa no time, mas que não poderia fazer isso. E também sentiu que, apesar da culpa não ser de Eli Manning, o treinador parece estar pensando em colocar Webb em algum jogo como titular.

O clima está tenso para o lado de New York e, se continuarmos nesse ritmo, haverão mudanças radicais para a próxima temporada. 🙂

Shares