New York Giants

Ben McAdoo, você não merece o time que tem.

Photo by Giants.com

Hoje é Sexta-Feira 13 e, acredite se quiser, Ben McAdoo ainda não comentou nada sobre o caso com os outros jogadores do time. Motivo? Segundo ele, fará isso quando for apropriado.

Sério, Ben? O “apropriado” não seria na terça-feira, logo após o ocorrido e antes da imprensa jogar a mer** no ventilador? Se não, que tal na quarta-feira quando o time, de maneira oficial, disse a imprensa que um dos jogadores veteranos e chaves para a defesa estava suspenso por tempo indeterminado?

E não é de se surpreender que, quase todos os jogadores, estão dizendo por ai que estão infelizes com o treinador. Não é a toa que eles estão comentando por aí que o “trabalho de treinador” é muito “grande” para ser ocupado por Ben McAdoo.

Isso, meu amigo, é uma renúncia de liderança e não pode ser feita dessa maneira. Apesar da situação trágica do time, seria o momento ideal para mostrar que pode comandar o time, seja nos bons momentos ou não. Mas, pelo visto, Ben McAdoo não tem culhões o bastante pra isso e, definitivamente, não merece o time que tem.

Um time, apesar de tudo, não é feito somente de vitórias. Tudo é construído através do respeito conquistado em campo e fora dele, liderança bem usada, assumir a responsabilidade por erros ou acertos, fazer escolhas certas, aprender com as escolhas erradas e, acima de tudo, fazer o time ser unido como uma família na derrota e na vitória. Porém, McAdoo, você perdeu o time e agora, meu amigo, já era.

E para ajudar ainda mais nosso momento, teremos jogadores chaves fora da partida e um time que está perdido em campo, fora de campo e infeliz como tudo isso está sendo tratado. Não queremos uma temporada com record positivo, só queremos que essa doença chamada “McAdoo não se espalhe por todo o time e destrua a história de um gigante. 🙁

Shares