Na memória

Na memória: Giants vs Lions

Photo by Nick Laham/Getty Images

O dia era 17 de outubro de 2010. Na oportunidade, o New York Giants recebia o Detroit Lions no então chamado New Meadowlands Stadium, em partida válida pela semana 6 da temporada regular da NFL.

Os Giants vinham de duas vitórias consecutivas, diante do Chicago Bears em casa e do Houston Texans fora. Os Lions vinham de uma vitória esmagadora sobre o St. Louis Rams (44-6), embora tivessem perdido os 4 primeiros jogos da temporada.

Depois do kickoff dado por Jason Hanson, os Giants receberam a primeira posse. Depois de conquistar o primeiro first down, o Big Blue falhou em seu drive e foi para o punt. O punter era Matt Dodge (aquele mesmo, que seria o vilão na eliminação do time ao fim da temporada regular). Pela segunda vez na temporada, Dodge sofria um fumble inexplicável ao receber a bola para o chute. Melhor para Detroit, que recuperou a bola com Lawrence Jackson, e chegou ao touchdown na sequência depois de um passe de 14 jardas do quarterback Shaun Hill para o wide receiver Nate Burleson. Os Giants empataram o jogo ao final do primeiro quarto, com Brandon Jacobs correndo para 4 jardas e touchdown.

Os Giants chegaram à virada no segundo quarto, depois de um drive de 6 minutos, com Eli Manning lançando para Mario Manningham, que ganhou 33 jardas e anotou o touchdown. Os Lions ainda conseguiram diminuir antes do intervalo, com um field goal de 50 jardas convertido por Hanson a 3 segundos do fim do primeiro tempo. As equipes foram para os vestiários com a vitória parcial dos Giants por 14-10.

Os Lions, com a primeira posse do segundo tempo, também viram seu drive chegar ao fim com um turnover. Drew Stanton, que entrou no lugar de Shaun Hill ainda no primeiro tempo, foi sacado por Osi Umenyiora e sofreu fumble, que acabou recuperado por Justin Tuck. Os Giants, a exemplo da equipe de Detroit no primeiro quarto, também aproveitaram o turnover. Depois de chegar na linha de uma jarda do campo de ataque, Eli Manning lançou para Travis Beckum na endzone e o tight end anotou o touchdown.

A resposta dos Lions veio só no início do último quarto. E que resposta! Numa terceira para 10 na linha de 13 jardas do campo de defesa, Drew Stanton lançou para Calvin Johnson, e o Megatron correu para 87 jardas e touchdown, diminuindo a vantagem do Big Blue para 4 pontos.

Vivendo um bom momento no jogo, Detroit tinha novamente a posse de bola. Chegando à metade do campo, os Lions tinham uma terceira para 5 jardas. Drew Stanton lança para Burleson, que faz a recepção e rapidamente é tackleado por Deon Grant e Aaron Ross, sofrendo fumble, com o próprio Grant fazendo a recuperação.

Já na primeira jogada da campanha, o running back Ahmad Bradshaw corre para 46 jardas, deixando os Giants na linha de 13 do campo de ataque. Com uma segunda para 3, Brandon Jacobs corre para a endzone e anota o touchdown. Correndo contra o tempo, Detroit conseguiu mais um field goal de 50 jardas convertido por Hanson, depois de Stefan Logan retornar por 58 jardas o chute dos Giants.

Na sequência, depois de uma campanha mal sucedida do Big Blue, os Lions iniciariam sua campanha na linha de 14 jardas do campo de defesa com pouco mais de 2 minutos por jogar, e nenhum tempo para pedir. A equipe chegou até a linha de 38 jardas do campo de ataque. Drew Stanton tenta um passe longo, mas é interceptado por Antrell Rolle, que retorna para 36 jardas, dando fim às pretensões de Detroit. Fim de partida: New York Giants 28-20 Detroit Lions.

Com a vitória, os Giants mantinham a boa sequência, que só seria quebrada na semana 10, na derrota para o Dallas Cowboys. O Big Blue ficaria de fora dos playoffs ao fim da temporada regular. O Detroit Lions venceria o Washington Redskins na semana 8, ao voltar da bye week, e teria uma sequência de 5 derrotas depois disso. A equipe, claro, também ficaria de fora dos playoffs.

Shares