New York Giants

Pat Shurmur e o New York Giants

Photo by Bruce Kluckhohn and AP

Essa semana foi divulgado que o New York Giants teria como certo a vinda do Coordenador Ofensivo Pat Shurmur do Vikings para o cargo de Head Coach da franquia. Vale lembrar que as regras da NFL impedem que times fechem contratos com treinadores que estão com seus respectivos times em playoffs, ou seja, somente depois da eliminação do time do treinador que aí então poderá uma outra franquia fechar de fato com o treinador.

Assim como tudo que acontece em New York, apareceu uma grande quantidade de informações boas e ruins, dados não tão confiáveis e outros tantos muito confiáveis pelo “novo” Head Coach do time, isso causou uma divisão de opiniões entre os torcedores porque boa parte gostariam de outros nomes mais “garantidos” como head coach do que treinadores sem muita “bagagem” como Head Coach.

Um fato totalmente aceitável visto que o ex HC do Giants, Ben McAdoo foi promovido dessa mesma forma, porém, muitos não sabem que Pat Shurmur já foi head coach pelo Cleveland Browns (2012) e pelo Philadelphia Eagles (2015).

Photo by Trevor Ruszkowski | USA TODAY Sports

Shurmur também foi treinador auxiliar em diversas posições tais como linha ofensiva, tight ends, quaterbacks mas também já foi coordenador ofensivo pelo antigo St. Louis Rams (2010), Philadelphia Eagles (2013) e pelo Minnesota Vikings (2016 e 2017).

Vale destacar que em 2013 o Eagles tinham como o Head Coach principal Chip Kelly, um motivo natural para pânico, porém, caro leitor, naquele fatídico ano os Eagles conseguiram a incrível marca de 10-6 lacrando o primeiro lugar da NFC East (campeão de divisão), um excelente feito para quem tinha como QB titulares Michael Vick e Nick Foles, apesar de Chip Kelly ter recebido todos os créditos pela troca de titularidade, com certeza, Shurmur fez parte desse trabalho.

Photo by Alex Goodlett/Getty Images

Como Head Coach, Pat Shurmur, teve um placar de 9-23 pelo Browns nas duas temporadas (2011 e 2012). Depois, no Eagles como Head Coach interino ele comandou o time uma única vez em 2015 conseguindo a vitória, ou seja, uma classificação final de 10-23.

Caso você interprete esses números literalmente pelo o que significam, claramente, você ficará aborrecido, porém, convido você a lembrar do time do Browns na época de 2011 e 2012, um time deprimente sem maiores nomes. 

Dessa forma quero destacar um dado interessante, para que você possa entender do que eu estou falando, Hue Jackson, atual Head Coach do Browns desde a temporada de 2016, ou seja, foram 32 jogos com um elenco infinitamente superior ao que Shurmur tinha na época, conseguiu apenas uma vitória, então também tenho que dar alguns créditos para o trabalho do Shurmur no Browns.

Além disso, vale destacar também o excelentíssimo trabalho que Shurmur tem feito no Vikings como coordenador ofensivo e seu trabalho com o QB Case Keenum, talvez o melhor trabalho até agora, apesar de ser considerado por tantos um QB ruim ou mediano, o jogador colecionou – durante a temporada regular – a marca de 3,547 jardas para 22 touchdowns e 7 interceptações, isso tudo sem contar as atuações regulares em playoffs.

Photo by JOE SARGENT/GETTY

O novo treinador dos Gigantes de New York já trabalhou com outros QB’s tais como Sam Bradford, Colt McCoy, Michael Vick, Nick Foles e Mark Sanchez.

Shurmur também é conhecido pelo trabalho no playbook com corridas, uma característica predominante do treinador é um jogo corrido forte que dará ao time consistência para atuar de outras maneiras, por exemplo, o Vikings tem 1,957 jardas corridas para 15 touchdowns com Latavius Murray, Jerick McKinnon e Dalvin Cook.

Esse provavelmente será o novo treinador do New York Giants, caso seja confirmado depois da participação do Vikings nos playoffs. 😀

Shares