New York Giants

Tudo que você deve (ou deveria) saber sobre o Training Camp

Photo by www.giants.com

Caros Torcedores do maior de New York! Se você não teve tempo de acompanhar pelo twitter ou se não tem paciência ou se não entendeu muito bem esse monte de notícias, nós vamos resolver o seu problema, segue um resumão de tudo o que aconteceu até agora e alguns comentários breve do que gostamos e não gostamos.

  • Olivier Vernon está 100% saudável e recuperado da lesão na mão da temporada passada
Photo by William Hauser for USA TODAY Sports

Ao que tudo indica o jogador está pronto para aumentar ainda mais sua produção esse ano. O jogador ganhou apelido de “The Gladiator” (O Gladiador) devido ao fato que depois da lesão de Jason Pierre-Paul, ele jogou muitos jogos lesionados e mesmo assim conseguiu ótimos números sendo considerado pelo pro Football Focus o defensive end direito mais produtivo da NFL em 2016 com média combinada de sacks, hit, hurries e tackles. O que parecia ser o ponto alto da carreira do jogador, ele já avisou em entrevista para imprensa que pretende melhorar ainda mais seus números com ajuda dos seus companheiros de defesa para buscar pelo menos dois dígitos de números em sacks.

  • Sterling Shepard WR – Lesão no tornozelo

Shepard deu um baita susto em todos os torcedores quando saiu de campo “chorando de dores”. Ao que tudo indica, a lesão aconteceu no tornozelo do jogador, porém, para minha e sua felicidade, o exame de MRI (ressonância magnética) teve resultado positivo e o jogador aproveitou o twitter para agradecer todo o apoio incondicional dos fãs:

Por enquanto, as especulações são que ele perderia apenas a pré temporada e estaria totalmente pronto para o primeiro jogo da temporada regular.

  • “We’re all nº 1 Corners” disse Eli Apple
Photo by www.giants.com

Apesar de todas as novidades do time, calouros, competições internas, brigas e outras tantas coisas o que mais era esperado nos treinos quando chegassem ao full pad (treino com todo equipamento e contato 100% liberado) seria o duelo entre os alvos de Eli Manning (Odell Beckham, Shepard, Brandon Marshall, Engram e outros) x Conerbacks (Janoris Jenkins, Eli Apple, Domique Rodgers-Cromartie e outros). Confira um pouco da “batalha” aqui:

Os confrontos que estão acontecendo entre os WR x CB nos treinos tem sido um aprendizado para todos e isso é o mais importante. A confiança é tanta que Eli Apple que espera resultados ainda melhores para ele, inclusive, ele espera um dia ser o CB nº 1 do time que tem Jenkins e Cromartie. Mas uma coisa certa, conforme ele mesmo disse, esse grupo tem tudo para ser o melhor de toda a NFL.

  • Competição entre kickers
Photo by www.giants.com

O Giants contratou o veterano Mike Nugent, após o roolie Safety Jadar Johnson decidir abandonar a curta carreira, para competir pela vara de kicker do time com Aldrick Rosas. Ao que tudo indica é uma competição saudável para manter o nível técnico dos dois jogadores, porém, eu não acredito muito nisso porque acho Mike Nugent bem fraco tecnicamente, por isso, acredito em duas situações: a) Rosas é bom mas precisava de competição para crescer e treinar ainda mais ou b) Rosas não tem rendimento o esperado e Mike Nugent foi a solução mais barata a curto prazo.

  • A “eterna luta” de Ereck Flowers

O jogador vai entrar para sua terceira temporada na NFL e os resultados esperados pela sua escolha ainda não foram colhidos, por isso, eu acredito que essa é a última chance do jogador de mostrar alguma melhora em sua técnica na proteção em situações de passes, principalmente, para proteger o lado cedo de Eli Manning que vai precisar dele mais do que nunca.

Por isso, o jogador tratou de treinar durante todo o descanso do jogadores e melhorou muito seu condicionamento físico, porém, a técnica de proteção é algo específico que precisa muito mais do que um curto período de treino, logo, o jogador tem treinando muito na técnica de quebra e pass rush contra Olivier Vernon.

Eu separei alguns lances do jogador e cheguei a conclusão que a técnica de bloqueio em corridas está bastante boa, porém, a de proteção ainda é preocupante, vejam alguns lances:

Nos vídeos acima ele foi “atropelado” por simples técnicas de pass rusher. Não foram técnicas avançadas de giros ou finta, apenas força e agilidade. Porém, por outro lado, o jogador tem feitos lances dignos de um tackle de elite, o que deixa com dúvida se ele realmente melhorou ou não, vejam:

Aqui ele faz um bloqueio duplo com Pugh e depois vai em direção de um dos LB’s, conseguindo fazer um novo bloqueio. Também percebi que seus companheiros de time tem saído em defesa do jogador falando que ele melhorou sua técnica e o resultado será visto no primeiro jogo da temporada regular, é o que esperamos.

  • Evolução da linha ofensiva: um trabalho em progresso
Photo by www.giants.com

Por tudo que eu andei lendo e pesquisando parece que D.J. Fluker ficará com a vaga de tackle direito e Jerry com a de Guard direito, entretanto, ao que tudo indica Bobby Hart não vai entregar a vaga de mão beijada, o jogador tem mostrando bons resultados dentro de campo apesar de ter feito inúmeras faltas “false starts” durante as práticas coletivas.

Adam Gettis e Adam Bisnowaty tem mostrando que estão melhorando suas técnicas e querem fazer parte desse time e podem ser bons reservas para a temporada.

Dito isso, quero deixar uma coisa bem clara para todos os torcedores, dificilmente, não teremos “dores de cabeças” e “pesadelos” com a linha ofensiva esse ano, está bem claro nos treinos que Ben McAdoo tem acompanhado diretamente os treinos da linha ofensiva e o trabalho tem sido realizado para que eles melhorem suas habilidades mas serem ótimos, é bem difícil de serem.

  • Evolução no ataque
Photo by Noah K. Murray for USA TODAY Sports

Quem acompanhou os treinos pode observar que em muitas vezes o Giants tem jogada em I-formation com um fullback e outras tantas formações também com Fullback. Foi possível observar algumas variações do eleven formation com Engram alinhado de WR pelo lado de fora do campo.

Isso tudo me deixa esperançoso porque é um ponto importante do time, se não a principal falha do ano passado, o Giants não tinha um playbook profundo com grandes variações que permitiam surpreender as defesas adversárias, faltava versatilidade ao time, por isso, o time tratou de contratar Rhett Ellison e tem gastando tanto tempo com jogadores não tão espetaculares mas que podem adicionar muito ao playbook, tais como Mark Herzlich jogando como Tight End e Matt Lacosse jogando como Fullback/Tight End.

Eu acredito fielmente que 2017 será diferente, se for bom ou ruim já não cabe a mim, porém, tenho certeza que será diferente, essas mudanças de formações e variações pessoais nas formações antigas tem sido uma tecla constantemente “batida” por mim aqui e ao que tudo indica chegou lá, as variações foram diariamente colocadas em práticas, incomodou tanto os jornalistas locais que não conheciam aquelas formações que logo questionaram McAdoo que respondeu:

“The playbook is the playbook we go through each year. We add, we take out, we change it and we correct it. We do a lot of different things with the playbook”

“O playbook é o playbook que passamos todos os anos. Nós adicionamos, nós tiramos, nós o mudamos e nós o corrigimos. Nós fazemos muitas coisas diferentes com o playbook”.

“It’s there if you need it. If you have the players you feel like that can execute what you need to get done, you use it. If not, you put it on the shelf and you pick and choose what you use each and every year”

“Está lá se você precisar. Se você tem os jogadores, você sente que pode executar o que precisa fazer, você o usa. Caso contrário, você colocá-lo na prateleira e você escolhe e escolhe o que você usa todos os anos”.

As coisas podem melhorar, sim senhor.

  • Os jogadores que mais se destacaram até agora:
Photo by www.giants.com

TE Evan Engram, S Landon Collins , CB Eli Apple e LB B.J. Goodson

  • Lesões

a) Keenan Robinson foi colocado no protocolo de concussão;

b) Tavarres King machucou o tornozelo durante um drill de retorno, a lesão não parece séria mas não existem comentários oficiais ainda. Por isso, o jogador é esperado o mais rápido possível ser visto em campo;

c) Sterling Shepard – Tornozelo está sendo esperado aos treinos pelo menos de forma limitada desde que a MRI não constatou nenhuma lesão.

  • Brigas nos treinos
Photo by www.giants.com

Eu nem iria comentar sobre isso porque acho absolutamente nada haver. Porém, tem se criado uma onda nessas brigas mesmo com os insistentes esforços dos jogadores e dos treinadores em colocar um ponto final nisso. Acontece que a imprensa de New York insiste em apertar essa “ferida” até aparecer alguém apontando ou fazendo uma polêmica.

Aconteceu brigas entre: Bobby Hard e Averry Moss, Adam Bisnowaty e Romeo Okawa, Bisnowaty e Avery Moss, Bobby Hart, Ereck Flowers e Damon Snacks Harrison, Jason Pierre-Paul e Hart.

Algumas dessas “encaradas” restou em empurrões, tapas e outras tiveram que ser separadas mas tudo aconteceu no treino e nada no vestiários, ou seja, os próprios jogadores garantiram que isso ficasse no campo.

Para você, caro leitor, deixo a seguinte explicação e depois disso será capaz de tirar suas próprias conclusões. Combinado?!

Esses jogadores desde o início dos treinos estavam separados por posições e quando tinham atividades em grupos encontravam apenas com jogadores do seu setor, por exemplo, juntavam toda a defesa para o treino conjunto. Além disso, é fundamental destacar que a maioria dos jogadores estão lá para garantir e lutar por seu futuro no time, muitos lá sequer vão ter outras chances na NFL, por isso, eles se dedicam ao máximo, os jornalistas não citam que muitos são jogadores que se quer foram draftados mas o Giants convidou eles para treinarem, nem isso, jogadores que fizeram parte do elenco do ano passado estão com suas posições ameaçadas pelos novatos, ou seja, todos querem fazer parte do plantel final com 53 jogadores e para isso eles vão dar tudo de si, inclusive, brigar entre si.

Entretanto, não se enganem, essas desavenças vão acabar quando tiverem o elenco fechado, tenham certeza, a franquia tem uma série de treinadores que trabalham nisso e depois o time será apenas um. Bem vinda de volta, NFL! 😛

Shares