Essa semana o repórter do Giants.com, Dan Salomone, fez uma lista de 9 razões para os torcedores serem otimistas com o time de New York essa temporada, com vários pontos interessantes e que ressaltam bem o time que está sendo montado. Vamos à ela?



  • Jon Beason estabilizado no meio da defesa

A recente lesão de Beason trouxe um problema para o training camp, mas o LB três vezes escolhido para o Pro Bowl é esperado para voltar aos gramados no início da temporada. Depois de ser adquirido pelos Giants em outubro, ele imediatamente mudou a defesa, trazendo um impacto que não víamos na posição desde Antonio Pierce. Os Giants reassinaram com Beason nesta offseason. Junto com a volta de Beason, a equipe acertou a contratação do também LB Jameel McClain, que teve bom desempenho pelos Ravens. Beason leva tranquilidade a um setor que tinha dúvidas em todas as três posições no training camp do ano passado.

  • A presença de retornadores nos ST

Ninguém está mais feliz com a free agency do que o coordenador das equipes especiais, Tom Quinn. Ele ganhou Trindon Holliday, o primeiro jogador da NFL a marcar vários touchdowns de retorno em um único jogo na pós-temporada, e Quintin Demps, um experiente jogador entrando na sua sétima temporada e que terminou em terceiro na NFL em média de retorno de Kickoff no ano passado, e tem dois retornos para touchdown em seu currículo. O Giants também draftaram Odell Beckham Jr., o novato que ganhou o Prêmio Paul Hornung como o mais versátil jogador do país no ano passado jogando pela LSU. Eles irão reforçar a equipe Giants que no ano passado terminou 27º em média de retorno de Kickoff e em 26° em retornos de punt.

  • A linha ofensiva foi reformulada

Os Giants não fizeram mistério sobre a necessidade de reforçar a sua linha ofensiva nesta temporada e foi assim que começaram a free agency. Eles trouxeram Geoff Schwartz, JD Walton, John Jerry e Charles Brown, com todos tendo pelo menos 20 jogos como titulares na NFL. Isso claro, antes de draftarem o Center Weston Richburg, na segunda rodada do draft, para competir por uma vaga entre os titulares. Os veteranos Chris Snee e Will Beatty estão voltando de lesão, e a expectativa é que eles estejam em campo durante o training camp.

  • Jason Pierre-Paul está saudável

Nesta mesma época no ano passado, o defensive end Pro Bowler, estava saindo de um procedimento cirúrgico que o atrapalharia durante toda a temporada e acabaria o afastando de levá-lo para jogar em apenas 11 jogos e conseguindo dois sacks. Mas agora, entrando no seu quinto ano na liga, o jogador diz que está completamente saudável e que vai procurar voltar a ter o desempenho de 2011.

  • Os Gigantes draftaram um craque em Odell Beckham Jr.

O quarterback Eli Manning e todo o ataque precisavam de um jogador dinâmico depois de uma campanha esquecível como a de 2013. E todos eles acreditam que conseguiram esse jogador em Beckham Jr., que foi escolhido na 12ª escolha geral do draft. Jerry Reese disse sobre ele logo após o draft: “Nós estamos falando sobre alguém que pode ajudar de imediato o quarterback, e esse cara é uma arma“.

  • Caras novas agitando as coisas

Desde a contratação do novo coordenador ofensivo, Ben McAdoo, os Giants adicionaram uma série de novos rostos na free agency e vem dizendo adeus aos velhos rostos da equipe – há um novo olhar para os Giants nesta temporada. Com todas essas mudanças, há nos vestiários um novo nível de excitação, e o front office espera que isso se traduza em vitórias aos domingos.

  • Rashad Jennings para estabilizar a posição de HB

Depois de uma temporada em que o ataque corrido da equipe teve média de 83,3 jardas por jogo e que teve diversos jogadores começando como titulares, os Giants esperam que a equipe tenha conseguido estabilizar a posição com a contratação de Rashad Jennings, que assinou com o Giants nesta offseason depois de um ano em Oakland. Jennings provou nos Raiders que está pronto para o próximo passo, ser um starter, e para ajuda-lo os Giants também draftaram um finalista do Heisman Trophy, Andre Williams, que correu para mais de 2.000 jardas na última temporada por Boston College.

  • Jovens jogadores já estão prontos para jogar

O DT Johnathan Hankins e o DE Damontre Moore tem a oportunidade e capacidade para papéis maiores, depois de passar suas temporadas de rookie aprendendo com os veteranos. Enquanto isso, os Giants podem ter encontrado no WR Jerrel Jernigan um talento para ajudar o ataque que teve grandes problemas na última temporada. Jernigan teve um bom final de temporada, depois de dois anos poucos produtivos na equipe.

  • Os Giants plantaram sementes

Depois de vencer o Super Bowl XLVI, em 2011, os Big Blue perderam os playoffs nos últimos dois anos. Mas, em vez de tentar repetir a magia de 2011, eles mudaram e passaram a olhar para o futuro e procurarão mudanças a partir desta temporada. Eles trouxeram veteranos talentosos de equipes vencedoras e plantou as sementes com o seu draft, onde escolheram sete jogadores, dos quais cinco eram capitães de suas equipes na faculdade.

*Fonte, aqui.


Clique e garanta seu ingresso com desconto!