Depois de sua semana de descanso, os New York Giants recebem em seus domínios o Indianapolis Colts para um difícil e importante confronto.



Os Giants começam com a bola, porém pouco fazem e logo no seu primeiro drive os Colts, Adam Vinatieri anota um field goal de 48 jardas e coloca seu time a frente do placar: Colts 3 a 0. Em seguida os Giants voltam a campo e, novamente sem sucesso, devolvem a bola para os Colts, Weatherford começa trabalhando mais que os Wide Receivers dos Giants. A defesa trabalha bem e segura os Colts e força o punt mas, em seguida, Andre Willians sofre fumble que Pugh recupera, deixando os Giants novamente em uma terceira descida longa que a equipe não converte. Os dois times pouco fazem até o fim do primeiro tempo, placar até o momento: Colts 3 a 0.

O segundo quarto começa com os Giants não conseguindo avançar e os Colts recebem a bola para começar um drive polêmico. Luck consegue bom passe para o TE Fleener, porém o Jacquian Willians disputa bola com ele e o TE não consegue a recepção, apenas segura a bola quando ela bate no chão. Tom Coughlin não consegue tirar a flanela de desafio de sua meia(!!!) a tempo, Luck começa outra jogada, a defesa não esta preparada e Fleener recebe um passe de 32 jardas extremamente sozinho e corre tranquilamente para o touchdown, Colts 10 a 0.

Logo depois as equipes trocam posses de bola, até que Eli Manning consegue bons passes e avança a equipe em campo. Porém já próximo a red zone, Parker e Randle não conseguem fazer recepções e os Giants se contentam com o FG de 38 jardas anotado por Josh Brown, Colts 10 a 3 Giants. Na campanha seguinte, os Colts conseguem avançar até chutar outro FG com Vinatieri e aumentar a vantagem, Colts 13 a 3 Giants. Os Giants ainda voltam a campo na esperança de pontuar, mas novamente não conseguem muita coisa, e Luck com pouco mais de um minuto ainda consegue levar os Colts a posição de FG, dessa vez de 48 jardas e a vantagem sobe para 16 a 3 antes do intervalo.

O segundo tempo de jogo começa com os Colts conseguindo avançar, até que em boa jogada, Luck passa para T.Y. Hilton que anota um TD de 31 jardas, Colts 23 a 3 Giants. Na campanha seguinte, os Giants dão um lampejo de bom football. Eli consegue bom passe para Beckham Jr. que, com toda sua velocidade e agilidade, avança 60 jardas e coloca os Giants já na red zone. Depois Andre Willians que brinda os torcedores com uma boa corrida e um bom passe recebido, até que ele mesmo anota um touchdown de 1 jarda, Colts 23 a 10 Giants. No drive seguinte, Luck dá bom passe para Wayne sobre a marcação de Hosley, e o veterano WR anota um TD de 40 jardas, Colts 30 a 10.

Os Giants recebem a bola e, numa tentativa de passe, o DL Newsome dos Colts força o fumble no quarterback e o próprio defensor recupera. Os Colts ficam em boa posição de campo, e Luck consegue o TD mais fácil de sua carreira em passe para o TE Allen, Colts 37 a 10.  O terceiro quarto termina com os times trocando posses de bola.

O quarto quarto do jogo começa com os Colts anotando mais um FG, dessa vez de 43 jardas e aumentam a vantagem, 40 a 10.

Depois de estarem perdendo de 30 pontos de diferença, os Giants resolvem que querem jogar. Em bom drive, Eli conduz os Giants até a red zone e consegue um TD em lançamento para o TE Donnell, Colts 40 a 17. Logo em seguida a defesa segura os Colts e os GIants tem a posse novamente. Em outro bom drive, desta vez podemos ver a participação do WR Washington (o jogador fez uma bela pré-temporada, porém não era utilizado na rotação dos jogadores do ataque), o WR em um drive consegue boas recepções, até receber um passe de uma jarda para o touchdown, Colts 40 a 24. Logo em seguida, as duas equipes nada fazem e o jogo termina de forma melancólica para os Giants.

 Ser torcedor é estar junto nas vitórias e derrotas, o triste é quando vemos uma equipe sem alma, sem determinação e sem respeito aos seus torcedores. Desde a lesão de Jennings, o ataque se tornou apenas Eli Manning, todas as defesas se preparam para pressionar o quarterback e ainda dobrar as marcações nos WR’s. Se Willians ainda não está preparado para assumir como titular, cabe a direção e a comissão técnica procurar na liga alguém que possa assumir. Foram diversos boatos de troca por algum recebedor e, no fim, nada feito. Como agentes livres, tem alguns bons RB, e os Giants nada fazem, tem bons OL, e também vemos uma linha que não consegue abrir espaços para corrida, e que muitas vezes entra em pane para proteger Eli. Temos pela frente grandes partidas e grandes adversários, porém do jeito que as coisas andam, difícil ser muito otimista, até porque não param de chegar notícias ruins, principalmente a de que o CB (e um dos principais jogadores da defesa) Prince Amukamara, com uma lesão no bíceps, está fora da temporada.

Placar final: New York Giants 24 x 40 Indianapolis Colts

*Melhores momentos: aqui.