O time de New York está vindo de uma vitória na abertura da temporada contra os Bills no “Hall of Fame” e o adversário dessa semana são os Steelers em casa! Será que o Giants conseguiu uma vitória? Foi uma partida fácil? O time melhorou? Confira!



No primeiro quarto o time começou um pouco lento e facilitou as corridas e avanços dos Steelers, mas no final, conseguiu pará-los e aceitar somente um FG. Porém, apenas alguns minutos depois, uma grande corrida de Rashad Jennings para mais de 70 jardas vira o jogo e acorda o time. No final do primeiro quarto, o time de Pittsburgh já volta com seu QB reserva, Bruce, que não consegue fazer muita coisa até o final dos 15 minutos e o quarto termina com o placar parcial de 7 a 3 para o time de New York, com algumas dormidas da defesa e com a maioria de jogadores reservas em campo.

O segundo quarto começa com Eli Manning ainda em campo e com uma bela corrida de Andre Williams, que apensar do bom avanço, é anulada por causa de penalidades da OL – que foram recorrentes na partida. Até o momento, muitos “three and outs” acontecendo e mostrando um bom trabalho das defesas – ou um trabalho ruim do ataque? Nassib entra em campo faltando 9 minutos para o final do segundo quarto, mas não consegue avançar muito e coloca Josh Brown numa posição boa para FG, que é convertido. Nesse momento, Giants está na frente por 7 pontos, essa pontuação só é alterada no final do segundo quarto com um FG de 45 jardas de McManus, deixando a vantagem do time de New York em 10 pontos.

Até o momento o que vimos foi uma partida equilibrada, com alguns erros em ambos os lados e muito jogo corrido. Giants apostando nos novos nomes, Eli Manning sendo mais conservativo e apostando menos nas jogadas aéreas e a defesa pressionando menos que a partida passada o quarterback adversário. Vamos ver se Tom Coughlin consegue reanimar o time e mostrar um pouco mais de força ofensiva e defensiva contra o time de Pittsburgh.

O terceiro quarto começa e fica por muito tempo bem parado, com ambos os times perdidos em campo e fazendo passes incompletos e corridas curtas. Entretanto, quando faltava cerca de 6 minutos para o final, um punt dos Steelers é rebatido em um jogador dos Giants e o time de Pittsburgh recupera a bola na linha de 20 jardas do campo de ataque que termina em um FG convertido, deixando a diferença no placar em apenas 7 pontos. E isso foi o que aconteceu nos 15 minutos, um quarto apático, com muitos “three and outs” novamente e pouca movimentação dos ataques e defesas de New York e Pittsburgh.

Os últimos 15 minutos começaram e na primeira jogada Hosley comete interferência de passe e deixa o time dos Steelers na linha de 19 jardas de ataque, mas apesar da boa posição o time de Pittsburgh se contenta com um FG, deixando a diferença em 4 pontos. Para acordar os torcedores e os narradores da partida, o Giants comete uma jogada bizarra aos 10 minutos de jogo. Uma bola que parecia “simples” para o Giants, foi dada como fumble e após uma dormida da linha ofensiva de New York, a bola é recuperada e levada até a endzone. Resultado? Um touchdown bizarro para os Steelers, que vira o placar faltando 10 minutos para o fim da partida. Curtis Painter entrou no final da partida e conseguiu “pintar” uma virada para o Giants, ligando um passe para C. Washington no final da endzone e deixando o Giants na frente novamente.

Fim de jogo! Sabemos que é pré temporada e que esses jogos são para testes de jogadores e estratégias… Mas após os 10 primeiros minutos de jogo, vimos muita penalidade boba e pouca movimentação do time de New York e principalmente de Eli Manning – que parece estar um pouco travado até agora, ao contrário de Nassib e Painter, que parecem mais leves – o que deixa em questão as novas estratégias de McAdoo. A defesa que conseguiu mostrar bons momentos na maioria do tempo, dormiu no final e entregou pontos para o adversário. Entretanto, tivemos alguns jogadores no ataque e defesa com boas atuações individuais e notamos pontos que não estávamos vendo ano passado e que estão sendo executados por agora.

O que precisamos no momento é mais tempo de jogo com os titulares em campo para ver realmente como está se comportando o time, pois o que conseguimos ver até o momento são flashes de um time em reconstrução com alguns bons momentos e vários pontos para correção. Mas de um modo geral, o time está progredindo.

E você, o que achou da partida? Comenta aí!

Placar Final: Giants 20 vs 16 Steelers
*Melhores momentos, aqui.


Clique e garanta seu ingresso com desconto!