Análise de Jogo

Análise: Mesmo com Barkley voando (literalmente), a derrota chegou.

Photo by Giants.com

O Giants foi derrotado nesse domingo pelos Saints, por 33 a 18 e agora está 1-3 na temporada – e em último na divisão. Será que precisamos ficar preocupados? Ou tudo isso faz parte da reconstrução e adaptação dos jogadores com o novo sistema?

Apoie o Giants Brasil e tenha benefícios exclusivos! Clique aqui e confira.

Clique aqui, use o cupom GIANTSBR e compre seus produtos com 10% de desconto!

O time tentou o seu melhor para tentar vencer o jogo no fim, porém, não foi isso que aconteceu. Depois de começar a partida com um drive de 75 jardas, que levou para um touchdown… O time parou e começou a ser sufocado até o fim do último quarto.

Os destaques individuais da partida foram: Sterling Shepard, Landon Collins, BJ Hill, Alec Ogletree e Saquon Barkley – com menção honrosa para o tackle de Eli Manning.

Photo by Elsa/Getty Images

Eli Manning terminou a partida com 31 de 41 passes completos, 255 jardas e um touchdown, com uma média de 6.21 jardas por tentativa. Apesar dos números, nosso QB não teve um bom jogo. Errou várias conexões com Beckham, passes muito mais fortes do que precisariam ser e algumas jogadas não muito bem chamadas durante os drives.

A linha ofensiva, apesar da melhoria considerável, ainda está sofrendo. Nesse domingo, Nate Solder não teve seu melhor desempenho e permitiu que Manning fosse sackado 3 vezes. Se continuarmos nesse ritmo, Eli será sackado aproximadamente 60 vezes na temporada e, até então, a maior marca foi de 39.

Odell, infelizmente, teve uma tarde quieta. Terminou com somente 7 recepções para 60 jardas e, novamente, não conseguiu marcar seu touchdown. E, como já estamos acostumados a ver nessas semanas, Barkley voou (literalmente) e teve uma ótima partida, apesar da derrota com: 10 corridas para 44 jardas e um touchdown. Além de 6 recepções para 56 jardas.

Odell, particularmente, ficou muito chateado pela derrota e mostrou isso durante uma entrevista pós jogo:

“Eu estou fazendo tudo que eu posso. Estou me doando por inteiro nisso, sacrificando tudo, fazendo mudanças pessoais e dando o meu melhor. É decepcionante quando você tem que sair do campo numa derrota dessas. Você trabalha duro durante cinco ou seis dias na semana por 60 minutos de futebol e acontece isso. Eu odeio trabalhar duro, chegar em campo e desperdiçar esses 60 minutos. Não era pra ser tão difícil assim, mas está sendo.” disse Odell.

Mas, apesar do sentimento ruim e pela ausência de touchdowns, Odell bateu mais um recorde: se tornando o jogador com mais recepções nos primeiros 50 jogos na história da NFL.

Quando Pat Shumur foi alertado sobre o depoimento do Odell, ele comentou sobre o assunto dizendo:

“Eu não vejo frustração. Vejo um jogador competitivo. Todos nós sabemos que ele é assim e ele quer vencer e fazer de tudo para nos ajudar a ganhar também.”

Photo by Giants.com
  • Momentos que importaram na partida

Defesa aguentando o tranco

A defesa do Giants foi o verdadeiro significado do ditado: “enverga, mas não quebra” durante o primeiro tempo. Apesar do Saints ir para a red-zone 4 vezes, a defesa se mostrou presente e evitou todos os TDs, deixando o time de New Orleans somente com FGs. E, contra um ataque desses, é um ótimo resultado e uma boa performance.

Kamara destruiu a defesa do Giants

O RB Alvin Kamara mitou durante o domingo: correu para 134 jardas em 19 tentativas e dois touchdowns. Além disse, recebeu 5 vezes para 47 jardas. Conseguimos (relativamente) parar Brees, mas infelizmente, não seguramos Kamara que, como vimos, acabou com as chances do Giants vencer a partida.

Eli Manning (apesar de tudo) fez história

Como falamos durante a transmissão, Manning se tornou o sétimo QB com mais passes para touchdown da história da NFL, passando Fran Tarkenton, com 343.

Chances não aproveitadas

Com alguns minutos para o fim do terceiro quarto, tivemos a chance de diminuir a diferença para uma posse de bola. Porém, depois de alguns passes incompletos, fomos forçados a chutar o FG e continuar com uma diferença de duas posses. E, somado a erros bobos e faltas desnecessárias, fomos perdendo o ritmo até o fim da partida.

E agora? Bom, agora o time irá para Carolina enfrentar os Panthers no próximo domingo, às 14h. Se quisermos ter alguma chance na temporada, precisamos urgente dessa vitória. Vocês acreditam nisso depois dessas semanas? Deixe no comentário! 😀

Shares