Análise de Jogo

Análise: A nossa segunda-feira ficou pior ainda…

Photo by AP Sports Writer

O Giants perdeu na última segunda-feira para os Falcons, por 23-20 e ficou 1-6 na temporada. Muitas coisas foram confirmadas depois dessa bagunça contra Atlanta. Uma delas, por exemplo, é que nesse momento, estamos com a primeira escolha do draft do próximo ano. E o que mais podemos tirar dessa partida?

Apoie o Giants Brasil e tenha benefícios exclusivos! Clique aqui e confira.

Clique aqui, use o cupom GIANTSBR e compre seus produtos com 10% de desconto!

  • Eli Manning ainda tem um braço forte

Manning completou 71% dos seus passes, terminando com 399 jardas, uma média de 10.5 jardas por tentativa: sua maior marca na temporada. O jogo do nosso QB não foi perfeito, longe disso. Mas foi legal vê-lo tentando passes longos pelo campo, mesmo durante a pressão – coisas que não aconteceram durante a temporada.

  • O Giants não sabe jogar na red zone

Apesar de todo o poder que temos no ataque com Odell e Saquon, é incrível como somos anêmicos quando estamos na red zone. Não sabemos se é pela falta de espaço, se é por pressa ou ansiedade, mas o time não está encaixando quando chega nas últimas 20 jardas do campo.

A falta de bloqueio e proteção da OL interfere nisso, é verdade. Mas com as armas que temos no momento, não era pra ser tão difícil como está sendo. E tudo isso está causando falta de comunicação e desperdício de oportunidades.

  • O pass rush ainda respira

O Giants chegou na segunda-feira com o pior pass rush da NFL. E, no segundo jogo de Vernon em campo esse ano, o pass rush mostrou sinais de vida. Com Kerry Wynn e Lorenzo Carter chegando sempre em Matt Ryan, acelerando o processo do time de Atlanta em vários momentos.

Pela terceira vez na temporada, a defesa fez de tudo para o time ganhar. Segurou o ataque muito bem e deu oportunidade para o ataque gerar pontos, porém, nada disso aconteceu. Mas, apesar da derrota, mostrou sinais de vida e que ainda estão lutando em campo.

  • As más decisões de Pat Shurmur

Pat Shurmur não tem feito boas escolhas, isso podemos ver nitidamente. Uma delas, foi a decisão de ir para 2 pontos no primeiro touchdown. Depois disso, vimos 2 sneaks de Eli Manning, faltando poucos segundos no relógio e gastando tempo sagrado que nós não tínhamos. Porque não usou Barkley na linha de 1 jarda?

Nosso técnico precisa respirar e repensar nas decisões que está tomando. Pois, se continuarmos assim, vamos continuar entregando a vitória de bandeja para os times adversários.

Confira os melhores momentos da partida no vídeo cima. 🙂

Shares