New York Giants

Análise: Vitória emocionante na prorrogação!

Photo by USA TODAY Sports

Fala galera do Giants Brasil! Beleza? Que boa vitória do nosso Gigante! Com muita emoção desnecessária, culpa da nossa defesa (haverá um parágrafo dedicado à eles), mas bem, 30×27 contra os Bears.

Tudo começou muito bem! Uma ótima interceptação de Ogletree retornada para touchdown, campanha seguinte dos Bears nossa defesa foi extremamente eficiente, recebemos a bola na linha de 25 jardas e 12 minutos no relógio! Então, nosso ataque foi para campo e… Campanha de 1 minuto! Show de horror? Não! Durante a primeira metade do primeiro quarto nossa defesa foi uma parede contra o ataque dos Bears. Depois faltou malícia para os jogadores. O touchdown de Chicago acontece porque o Landon Collins fica marcando o lançamento do quarterback e não o TE.

Photo by New York Post

No segundo quarto, Ogletree fez uma interceptação one hand catch! Ele soube ler a jogada e foi no sétimo andar interceptar o passe! Excelente jogada! Mesmo com a defesa performando muito bem, até então, viramos o primeiro quarto perdendo de 14×10!

Nós fomos para o segundo tempo do jogo com tudo! Conseguimos tirar os 4 pontos de desvantagem e ainda abrimos 10 pontos! Tivemos um touchdown de Shepard após um lançamento de Odell (segundo passe para touchdown de OBj na temporada). A defesa parecia que iria doutrinar o ataque dos Bears. Eli fez um passe para touchdown, agora de Odell. Tudo parecia ir bem. Até o quarto período, até o two minutes warning. Collins conseguiu errar de maneira ridícula a cobertura contra Cohen, Riley e Jenkins LITERALMENTE BATERAM CABEÇA (assistam o lance imaginando uma trilha sonora de “Os Trapalhões”).

Passe de 50 jardas que poderia ter sido evitado! Paramos os Bears, apesar desta jogada. Eles fecharam a campanha com apenas um field goal. Rosas, com mais um field goal, voltou a deixar os Giants com 10 pontos na frente no placar. Então… conseguimos sofrer 10 pontos em menos de 2 minutos. Após um field goal convertido por Chicago, uma jogada bizarra do special team no onside kick, colocou os Bears no campo de ataque. Campanha rápida, falta da nossa defesa e touchdown dos Bears. Jogo empatado, prorrogação!

Photo by Giants

Nossa sorte foi que Rosas (vale um elogio, que bela temporada do nosso Kicker) conseguiu converter um field goal e nossa defesa parece que acordou durante o tempo extra. Conseguimos a vitória por apenas 3 pontos!

Em resumo: vencemos, mas foi de longe um jogo tenso para os torcedores e que poderia ter sido com menos emoção. Nosso ataque mostrou variação de jogadas, mas, ainda falta a big play. A defesa continua dormindo no final do jogo e isso nos traz muitos problemas. Precisamos urgentemente melhorar o playbook e reforçar a defesa!

  • A Defesa

Vou fazer a crítica após uma vitória. Entendo ser muito fácil criticar quando perdemos e assim, caçamos culpados pelo revés. Mas, nossa defesa está cedendo muitos pontos no último quarto. São 41% dos pontos sofridos no último período do jogo. Entendo que não é falta de experiência e sim falta de malícia, falta de atenção dos jogadores. No primeiro tempo o time praticamente igualou a defesa dos Bears que é uma das melhores da Liga. Terceiro quarto foi excelente. Final do jogo, catastrófico!

Porém, relembremos o lance crucial do jogo, onside kick dos Bears. Nem Odell e nem Riley conseguem fazer o que deles era esperado: bloqueio/recuperação da bola. Por que envolvi o Special Team na crítica à defesa? Porque Curtis Riley é o nosso CB, jogador de defesa e ele não bloqueou o jogador dos Bears! E o pior neste lance. Se ele fica parado, a bola iria na mão dele, isso é falta de malícia, isso é falta de atenção!

Os Giants ao final do terceiro quarto lideravam o jogo com um placar de 24×14. Antes do onside kick estava mantendo 7 pontos de vantagem e mesmo assim conseguiu ceder o empate. Qual o motivo? Tenho a impressão de que os jogadores relaxam e acabam baixando a guarda. Contra Tampa foi assim, na segunda derrota para os Eagles também. O time tem que fazer algo para mudar a mentalidade dos jogadores defensivos na próxima janela. Teremos mais de 30 milhões em Salary Cap, isso se não cortarem o nosso Eli GOAT Manning, que provou não ser o problema do ataque.

A defesa quando está concentrada é uma parede! A bola bate e volta, o adversário não consegue evoluir. Quando nitidamente perde esta concentração, o time comete erros bizarros! Enfim, há muito o que melhorar para voltarmos a sonhar com pós temporada. E vocês, caros leitores, o que acharam do jogo contra os Bears? 🙂

Shares