Nesta segunda-feira os Giants decidiram colocar sua franchise tag no defensive end Jason Pierre-Paul.



A movimentação, que já era esperada, impede Pierre-Paul de se tornar um free agent quando o mercado se abrir no dia 10 de março, e permite que os Giants e o jogador continuem com as até então infrutíferas discussões sobre um contrato de longo prazo.

Ao receber a tag não exclusiva, Pierre-Paul está livre para assinar com outra equipe, mas os Giants teriam que receber duas escolhas de primeira rodada dessa equipe caso optem por não igualar a oferta.

Uma fonte próxima às negociações informou que os dois lados devem continuar falando à respeito de um contrato de longo prazo, mas que os Giants não teriam problemas em deixar Pierre-Paul jogar a temporada 2015 com os US$ 14,813 milhões da franchise tag, se tornando um free agent novamente no ano que vem. De acordo com as regras da NFL, os lados têm até o dia 15 de julho para negociar um longo termo. Depois disso, Pierre-Paul estará preso em um contrato de um ano em 2015.

Pierre-Paul, que completou 26 anos no dia 1 de janeiro, registrou 12,5 sacks pelos Giants em 2014, sua primeira temporada completamente saudável desde sua excelente campanha em 2011. Ele disse várias vezes durante a temporada que queria continuar nos Giants, mas ele também estava ansioso pelo free agency para ver se poderia conseguir um contrato semelhante aos dos principais pass-rushers da liga.

Os Giants ainda estavam um pouco desconfiados quanto às lesões que ele sofreu em 2012 e 2013, e eles conversaram muitas vezes com Pierre-Paul sobre as possibilidades de manter a produção mais consistente como um pass-rusher. Ele terminou muito bem o ano, com nove sacks nos últimos cinco jogos dos Giants. Mas até o momento, o time e o jogador ainda não discutiram cara a cara o seu valor de contrato, portanto os Giants escolheram deixá-lo de fora do mercado.

Até que ele assine a franchise tender, Pierre-Paul não está oficialmente considerado sob contrato com os Giants, o que significa que ele, tecnicamente, não teria de participar de nenhum trabalho obrigatório de offseason e seus US$ 14,813 milhões não seriam descontados do salary cap dos Giants. Na manhã desta segunda-feira, os Giants tinham US$ 25.608.930 disponíveis no cap. Esse número pularia instantaneamente para US$ 10.795.830 assim que Pierre-Paul assinar a tender.

Os Giants conseguiram um espaço no cap, nesta segunda-feira, ao dispensar o center J.D. Walton. Eles também podem dispensar ou reestruturar os contratos dos linebackers Jameel McClain Jon Beason, e podem conseguir muito mais espaço se renovarem o contrato do quarterback Eli Manning e diminuir os US$ 19,75 milhões de impacto do jogador no cap.

*Fonte: aqui.


Clique e garanta seu ingresso com desconto!