Apesar de muitas especialistas e a gente achar que o time deveria receber duas escolhas compensatórias esse draft, nessa semana, foi confirmado pela NFL que vamos receber uma escolha de quinto round. A NFL usa uma fórmula bem complicada para balancear os times e distribuir essas escolhas. Resumindo, para entendermos o que são escolhas compensatórias, pegamos esse trecho da Wikipedia:



“Em adição às 32 escolhas em cada rodada, há um total de 32 escolhas distribuídas ao longo das rodadas 3 a 7. Essas escolhas, conhecidas como “escolhas compensatórias”, são dadas a times que perderam mais agentes livres do que eles contrataram no ano passado. Times que ganharam e perderam a mesma quantidade, mas perderam um jogador de alto valor podem receber uma escolha, mas só na sétima rodada, após as escolhas compensatórias. Escolhas compensatórias não podem ser trocadas, e a colocação das escolhas compensatórias é determinada por uma fórmula que envolve o salário do jogador, tempo de jogo, e conquistas na pós-temporada com o novo time, sendo o salário o fator primário. Por exemplo, caso um time perca um linebacker que foi contratado por $2.5 milhões por ano como agente livre, pode pegar uma escolha na sexta rodada, enquanto um time que tenha perdido um wide receiver que fora contratado por $5 milhões por ano pode receber uma escolha na quarta rodada. Se menos que 32 escolhas de tal tipo são dadas, as escolhas remanescentes são distribuídas na ordem que os times escolheriam numa hipotética oitava rodada. As escolhas compensatórias são dadas a cada ano no encontro anual da NFL que acontece no final de março; tipicamente, três ou quatro semanas antes do draft.”

Sabendo disso, vamos analisar. Quem o Giants perdeu?

  • Ross Cockrell
  • D.J. Fluker
  • Devon Kennard
  • Justin Pugh
  • Weston Richburg
  • Geno Smith

Quem o Giants trouxe para o time:

  • Cody Latimer
  • Kareem Martin
  • Nate Solder
  • Michael Thomas

Essa quinta escolha dará para o Giants um total de 10 escolhas no draft. É o maior número do time desde 2009, quando eles selecionaram nove jogadores. A ordem das escolhas do draft para o time de New York ficou:

Alguns especialistas estão dizendo que Dave Gettleman possa usar algumas dessas escolhas no fim para tentar uma escolha de terceiro round, já que não temos devido a escolha de Sam Beal no Supplemental Draft.

Para você, foi justa a decisão da NFL sobre a quantidade de escolhas?

Será que é uma boa? Você achou justo o Giants conseguir somente uma escolha compensatória? Comente aí! 🙂

Clique e garanta seu ingresso com desconto!