Uma das maiores prioridades do Giants essa offseason era ter a certeza que Jon Beason retornaria – e bem – para o time. O Giants quis estar certo disso e fez um contrato de 3 anos, U$ 16.8 milhões (com U$ 6 milhões garantidos).



Mas o Giants pagou demais? Provavelmente. Mas precisamos esperar que Beason faça valer esse contrato e ajude o time como estava ajudando a temporada passada.

Beason jogou 15 jogos em 2013 e disse que não jogou o seu futebol máximo (por conta de lesões e adaptação), mas mesmo assim, foi um jogador chave para o time.

“Se você entrar em algo que não está preparado, com certeza será um desastre. Você não será bem sucedido naquilo.” disse Beason “Várias vezes um monte de jogadores sofrem lesões na offseason, cirurgias etc. Tudo isso por conta de preparação. Eu estou me preparando como nunca para isso, e por causa disso eu posso fazer as jogadas de forma forte e constantemente. Eu me sinto ótimo, estou em ótima forma e jogarei no meu nível máximo esse ano.”

Em seu tempo de “Pro Bowl”, Beason era um dos melhores “pass defender” da liga, ganhando uma nota do “PFF” de +6.5 em 2010. Após perder praticamente a temporada de 2011 e 2012 inteira, ele provou que tem potencial para voltar ao seu auge. Será que essa temporada será o ano para Beason? É o que esperamos.

“Eu me sinto ótimo mesmo.” disse Beason “É isso que eu quero: ser o melhor. Vou jogar em todo tipo de dificuldade e vai ser no meu nível máximo. E constantemente. Esse é meu objetivo.”

Que essa liderança, vontade e espírito continue – não só com Beason – mas par ao time inteiro, não é mesmo?

*Fonte, aqui.


Clique e garanta seu ingresso com desconto!