Os New York Giants refizeram sua equipe de defesa nesta offseason e eles estão vendo os melhores resultados até o momento do training camp, vir de seu corpo de linebackers.



E um dos grandes destaques até o momento, é a escolha de quinta rodada, Devon Kennard. Kennard tem começado no strong-side, com a equipe usando Jameel McClain para ajudar a substituir o lesionado Jon Beason na posição de middle linebacker, e deixando Kennard e Spencer Paysinger competindo na posição de linebacker externo.

Porém, até o momento Kennard tem dado um “passeio” em Paysinger, o calouro foi impressionante durante as OTAs e está tendo os primeiros snaps na equipe base da defesa nos training camp. Kennard também atuou como reserva na posição de MLB, substituindo Mark Herzlich na equipe reserva da defesa.

Em relação a Herzlich e Paysinger, os dois parecem cada vez mais perder espaço na rotação da equipe. Herzlich tem sofrido com fracas atuações no training camp e tem visto novos jogadores na equipe ganharem mais espaço, como Dan Fox, Justin Anderson e Terrell Manning. Muitos analistas dizem que Herzlich pode cair até para a 6° opção entre os LB. Já Paysinger, apesar de ser um sólido jogador – longe de ser fantástico – não vem conseguindo atuações melhores que Kennard; e vendo que Jacquian Williams tem atuado constantemente no weakside, é provável que a equipe espere tirar um titular entre Kennard e Paysinger – e até o momento a experiência do nosso LB não tem feito muito resultado.

Paysinger falou sobre seus companheiros e os treinamentos, em entrevista recente:

Eu realmente sinto que esse grupo, essa classe, tem mostrado a que veio, coletivamente tem se mostrado agressivos com o jogo. Foi assustador ver o que eles foram capazes de fazer. Nós não somos mais rookies, não podemos ser considerados jovens jogadores chegando a NFL”, disse Paysinger.

A responsabilidade agora é nossa, está sobre nossos ombros, e estamos tranquilos, porque sabemos que podemos carrega-a agora. Com as adições de caras como Jameel McClain e Beason, que chegou no ano passado, sentimos que o nosso grupo linebacker pode ser algo especial este ano“.

Jon Beason – um dos líderes dos Giants – falou ao repórter Paul Schwartz do New York Post:

Você tem caras que estão começando sua carreira agora, por isso não vamos jogar toda a responsabilidade sobre eles. Caras como eu e McClain que têm vários anos de experiência na NFL, nos sentimos confortáveis no início dos treinamentos, sabemos os caminhos, o que é necessário se fazer para montarmos um grupo sólido”.

*Fonte, aqui.


Clique e garanta seu ingresso com desconto!