Olá caros leitores do nosso Giants Brasil! A temporada regular está chegando e com ela muitas incertezas quanto aos nossos WRs. Será que teremos um ano melhor do que 2017? Vamos analisar apenas os números, friamente.



Temporada passada tivemos um aproveitamento decepcionante no quesito recepção, tanto que o nosso principal jogador foi o TE Evan Engram com 64 recepções. O segundo foi Sterling Shepard com 59 recepções. Ambos estão cotados para serem titulares para 2018 (leiam a nossa matéria sobre o Depth Chart).

Engram ao lado de Rhett Ellison e Shepard será par do MITO Odell. Até aí, nada surpreendente. Mas vai um pequeno questionamento: por que Sterling Shepard e não Tavares King? Número por número, King teve menos partidas, menos recepções e mais TDs do que Shepard (K 3×2 S). Sua média de recepções também é melhor, 13,3 de King contra 12,4 de Shepard. Porém, temos que salientar que Shepard jogou fora deposição ano passado e o potencial dele é maior do que o de King. De qualquer forma, vale a discussão. King seria um pouco a mais de experiência após um ano de apenas 3 vitórias. Mas é só uma análise fria de números! #Polêmica?

Além dos dois que são titulares do time (OBJ e Shepard), temos Cody Latimer, Hunter Sharp, Roger Lewis e Travis Rudolph como os que correm para garantir uma vaga no time dos Giants. De todos os citados, Lewis é o que tem mais experiência na NFL. São dois anos com o melhor de Nova Iorque e temporadas com muitas aparições em campo. São 28 jogos no total com 4 TDs neste período.

No jogo contra os Browns, ele teve uma ótima recepção para 23 jardas deixando um dos marcadores literalmente no chão. Hunter não suou a camisa e Rudolph nem ao campo foi. Latimer traz 4 anos de experiência dos Broncos com números apenas razoáveis, porém não é um jogador que podemos desprezar. O que podemos esperar destes 4 jogadores é muito empenho já que potencial todos demonstraram ter.

E finalmente a volta de Odell Beckham Jr! Eu realmente torço para que o Odell volte e consiga mais de 1000 jardas e média de 1 TD por jogo! Quero ouvir muito o Rômulo Mendonça gritar: “Me engravida Odell, me engravida!”.

Porém, sabemos que voltar de lesão é sempre complicado, não importa o esporte que se pratique, ainda mais quando se teve uma fratura na perna. Que Beckham não perca a confiança no jogo dele e nos traga vitórias! Números do OBJ? Não precisaríamos nem mostrar, mas, para os novos torcedores entenderem:

  • 4 anos na NFL
  • 47 jogos
  • 38 TDs (média de 0,81 por jogo)
  • 313 recepções
  • 4.424 jardas de recepção (média de 14,1 jardas por recepção) e 55 jardas corridas

Como eu disse no início da matéria: números são frios, mas no caso de OBJ, eles só reforçam ainda mais o talento que ele tem! Sem dúvida nenhuma, Odell é a diferença entre brigar para ir aos Playoffs e fechar o ano com 3 vitórias. Espero que este ano a gente consiga chegar até a pós temporada!

E você caro leitor, acha que algum outro WR mereça uma chance como titular? Deixe seu comentário e nos siga nas redes sociais! 🙂