A decepção de Tom Coughlin pela ausência do first pick, Odell Beckham Jr, é evidente. Mas o que ficamos sabendo é que a frustração é recíproca, pois o jogador irá se encontrar com o técnico para discutir sobre isso.



“Eu conversei com o treinador [Coughlin] e ele me disse que isso é realmente frustrante. Para nós dois, na verdade.” disse Odell “Ele me quer em campo tanto quanto eu me quero lá em campo jogando com os demais companheiros de time. Eu quero que ele e o resto do time saiba que eu quero muito estar em campo e que é muito difícil ficar sem treinar e fazer o que eu gosto. Eu sou um cara com muita energia, amo treinar, praticar e jogar. Quero fazer isso.”

O receiver e a comissão disseram que é improvável que ele jogue a partida contra o Buffalo Bills no “Hall of Fame” de domingo, mas que Odell entrará sim ainda na pré-temporada com o resto do time.

“Eu vou me esforçar o máximo que eu puder.” disse Beckham “Ficará a critério dos treinadores, quando eles me liberarem… Estarei pronto.”

Beckham admitiu que ele provavelmente não estará 100% quando os jogos começarem, mas que ele se sente muito bem para correr e “ir com tudo” como ele sempre faz. A lesão no tendão custou praticamente todo o período de treinamento e mini-camp do Giants e ficou ainda mais séria quando teve o impacto da lesão durante o treino semana passada.

Ele está passando por testes essa semana e disse que alguns acharam “uma grande inflamação e também sangue no tendão”, entretanto, de acordo com o New York Daily News, não é razão para ficarmos preocupados, não é nada grave e não tirará o jogador das atividades dessa temporada.

Apesar dessa boa notícia, fica ainda mais difícil aprender o playbook sem estar em campo. “É difícil somente sentar lá e não fazer nada. Não é muito legal aprender o playbook sem estar em campo em ação… Mas o importante é que estou estudando e dando o meu máximo durante esse período.”

Será que Beckham estará em campo até a temporada regular?

*Fonte, aqui.


Clique e garanta seu ingresso com desconto!