Próximos do início da temporada regular, temos muitas perguntas e quase nenhuma resposta. Diante disso, vários sites especializados em NFL elaboram suas previsões em relação ao que as franquias podem apresentar: surpresas, decepções e objetivos alcançados.



Apoie o Giants Brasil e tenha benefícios exclusivos! Clique aqui e confira.

Clique aqui e compre seu ingresso com desconto e atendimento 100% em português!


Ao analisar alguns desses Power Rankings, percebem-se várias semelhanças, entre elas, a presença do New York Giants nos “prováveis piores” 15 times da Liga na maioria deles. O que pode explicar isso? Arquitetamos alguns tópicos contendo fraquezas e incertezas que jogam as expectativas do nosso querido time pra baixo.

  1. Nova Comissão Técnica: Depois da desastrosa temporada passada, era preciso uma reformulação radical para apagar as marcas. Foi o que aconteceu. Mesmo sabendo que e tendência será melhorar, torcedores e mídia ficam com “o pé atrás” por ser o primeiro ano do novo staff e também porque seria um salto enorme de um time com uma campanha vexatória para um time competitivo em Playoffs.
    .
  2. Mudança de Formação Defensiva: A troca do sistema defensivo 4-3 para 0 3-4, decisão conjunta de Pat Shurmur e James Bettcher, busca reviver a defesa feroz de 2016. Porém, trocas de sistemas não são garantia de sucesso, colocando outro ponto de interrogação na cabeça dos especialistas.
    .
  3. OL ainda é o setor mais fraco do ataque: Apesar da chegada dos reforços para a linha ofensiva, como Nate Solder e Will Hernandez (este via-draft), essa unidade ainda deixa a desejar, principalmente pela presença do contestadíssimo Ereck Flowers entre os titulares. Mesmo com uma nova chance de Right Tackle, ninguém mais acredita numa redenção do jogador, que, com alguns erros, pode comprometer todo o setor.

Deixando claro que isso são apenas previsões (tomara que essa grande parte dos especialistas estejam errados), e que certamente melhoraremos essa temporada (e muito), subvalorizar o Giants deve servir como motivação para superar as expectativas e ir longe e, quem sabe até voltar a um Super Bowl (Por quê não?). A pergunta que fica: é possível chegar e “fazer fumaça” na pós temporada? Comentem aí! 😀

Clique e garanta seu ingresso com desconto!