Uma das decisões mais importantes para o Giants e o GM Dave Gettleman essa offseason é: o que fazer com Landon Collins? Prestes a se tornar free agent, Collins entrará no mercado como um dos jogadores mais desejados pelos times e um dos melhores safeties do mercado.

Apoie o Giants Brasil e tenha benefícios exclusivos! Clique aqui e confira.

Clique aqui e compre seu ingresso com desconto e atendimento 100% em português!


De acordo com a Pro Football Focus, Collins pedirá um contrato bem substancial para o time, ficando em torno dos 5 anos e U$ 57.5 milhões. Claro, se o time nesse momento, não usar a franchise tag no jogador. Com uma média acima do normal durante seus 3 anos de carreira, Landon Collins provou que é um jogador chave para o time de New York e que merece um acordo que faça jus a seu desempenho em campo e fora dele.

Porém, o time pode optar por usar a franchise tag e ter mais tempo para juntar dinheiro e também para pensar em um acordo bom para ambos os lados. O que, nesse momento, não é uma má ideia, pois teríamos um cap maior no ano seguinte, podendo oferecer um acordo mais substancial para o jogador e, ainda por cima, não precisaríamos fazer sacrifícios extras nesse ano que, como já falamos, ainda temos o contrato de Eli Manning para pagar.

[socialpoll id=”2538016″]

Atualmente, o custo para usar a franchise tag em um safety é de U$ 12 milhões. Ou seja, um bom número para manter um jogador desse calibre por mais um ano e pensar no que fazer e qual acordo oferecer. Para você, o time tem que oferecer um BIG DEAL para nosso Landon Collins ou podemos continuar sem ele? Deixe nos comentários! 😀