Não há tempo para descanso, principalmente se você for Victor Cruz, wide receiver dos New York Giants. Estas seis semanas a partir do último dia dos mini camp, até o início do training camp em 28 de julho, são um período importante.



Cruz está tentando realizar o improvável. Ele está tentando voltar depois de perder quase duas temporadas completas por causa de lesões e continuar a ser um jogador de impacto. Historicamente na liga, isso tem sido algo raro.

Este período de preparação tem sido importante para Cruz poder construir sua confiança – depois de um período de reabilitação de quatro meses por conta de uma lesão na panturrilha que o tirou da temporada. Cruz voltou a treinar de forma limitada todos os três dias de mini camp esta semana. E também, foi a primeira vez que ele treinou com seus companheiros desde outubro.

Agora é o momento para o próximo passo em sua reabilitação. E o recebedor sabe disso:

Realmente, é continuar a treinar. Vou fazê-lo aqui [em Nova Jersey], a maior parte vai ser aqui”, disse Cruz na semana passada na Exposição Football Day and Skills Challenge de seu Pai. “Você sabe que eu tenho o meu treinador Sean [Donellan] aqui, mas eu vou fazê-lo em conjunto com a comissão técnica dos Giants, então estamos todos na mesma página“, completou o wide receiver.

Cruz – 29 anos – passou a maior parte dos OTA’s e mini camp treinando em separado enquanto seus companheiros faziam exercícios em grupo. Ele queria entrar em campo para testar a panturrilha, que o tirou de toda a temporada passada e o joelho que o obrigou a perder a maior parte do ano anterior. Esse período foi importante para dar confiança ao recebedor, pois ele conseguiu após isso, participar de três treinamentos com seus companheiros, sem ter qualquer tipo de contratempo.

Eu acho que é apenas para a minha mentalidade e apenas para entender e saber que eu ainda posso fazer o que eu estou acostumado a fazer. Que eu ainda posso executar rotas, que ainda posso me sentir bem, eu tenho conseguido fazer as mudanças de direção sem sentir dores, e isso é muito bom. Então, eu acho que foi definitivamente uma coisa mental para mim, e eu estou feliz que tive a chance de fazer isso“, disse Cruz.

Este foi apenas um ponto de partida. Cruz não participou nos treinos da equipe ao vivo. Ele não fez qualquer “treino real” ou rotas com contato correndo contra os defensores. Isso virá no campo de treinamento depois de um verão onde ele pode se concentrar na preparação especificamente para a carga mais pesada de treinos que ocorre no training camp para a próxima temporada.

Quero continuar a construir gradualmente, aumentar a minha carga de trabalho para que eu possa aguentar um treino completo e um jogo completo“, disse Cruz sobre seu plano de preparação.

Esse foi o problema no ano passado. Toda vez que Cruz tentou participar de um treino completo parecia, sempre ocorria um revés. Por isso, há um plano em prática agora que eles esperam evitar que algo semelhante aconteça. A carreira de Cruz está em jogo, e ele sabe disso:

Eu acho que, provavelmente, cerca de uma semana e meia antes do camp, tipo de chegar onde eu preciso estar para estar no nível dos companheiros. E então provar a mim mesmo que estou pronto para lidar com um treino completo, uma jogada completa em um jogo e a partir daí“, disse Cruz. “Provavelmente cerca de uma semana e meia antes do início dos treinos será quando eu deva conseguir ter minha plena aceleração“, completou um esperançoso Cruz.

E você torcedor, esperançoso para a volta de Cruz? Deixe nos comentários sua expectativa.

*Fonte, aqui.


Clique e garanta seu ingresso com desconto!